Asclepio, Vol 60, No 2 (2008)

Médicos e loucos no sul do Brasil: um olhar sobre o Hospício São Pedro de Porto Alegre/RS, seus internos e as práticas de tratamento da loucura (1884-1924)


https://doi.org/10.3989/asclepio.2008.v60.i2.257

Yonissa Marmitt Wadi
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil

Resumen


O Hospício São Pedro foi inaugurado em 29 de junho de 1884, sendo o primeiro hospital psiquiátrico do estado do Rio Grande do Sul e um dos primeiros do Brasil, cuja história a partir deste marco, tornou-se correlata da construção da psiquiatria na então província. Este artigo apresenta uma breve história da instituição até a década de 1920, analisando dados sobre a população de internos. Além disto, reflete-se sobre as práticas médicas de assistência no interior do hospício, nas quais foram conjugados na construção da «cura» dos sujeitos, os preceitos da ciência e os atributos físicos e culturais, bem como as experiências de vida dos internos.

Palabras clave


Loucura; Psiquiatria; Hospital psiquiátrico; Práticas médicas; Experiência

Texto completo:


PDF


Copyright (c) 2008 Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC)

Licencia de Creative Commons
Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.


Contacte con la revista asclepio.cchs@cchs.csic.es

Soporte técnico soporte.tecnico.revistas@csic.es